Exame Edição 471

5,00

COMPRE JÁ A EXAME EDIÇÃO 471

O fundador do colosso da logística nacional, o Grupo Rangel, em destaque na edição da revista, numa entrevista envolvente e esclarecedora.

Foi praticante de despachante, ajudante e despachante na Alfândega do Porto. Aos 27 anos embarcou numa viagem a solo nos negócios e hoje é dono do maior grupo de logística global do País. Nos entretantos, participou ativamente no 25 de abril – ainda guarda o cravo que lhe puseram na arma –, deixou-se encantar pela esquerda e admira Mário Soares e Cavaco Silva, que acabaria por o condecorar.

Eduardo Rangel é um dos mais proeminentes empresários portugueses, fatura €250 milhões e há vários anos que prepara a sua sucessão ao leme do grupo que tem o seu nome. Uma extensa entrevista, intimista e sem filtros, conduzida pela jornalista Cesaltina Pinto, para ler na edição 471 da EXAME.

Nesta edição fazemos também uma viagem à Finlândia, para ver como a Siemens está a estudar a forma de descarbonizar a economia, e que deverá marcar a atividade da empresa nos próximos anos. E, dentro de portas, fomos até Cacia, em Aveiro, para medir o pulso à fábrica da The Navigator Company, que celebra este mês 70 anos de atividade e que continua a produzir pasta de papel para o mundo inteiro. Duas reportagens a não perder.

Nota para a análise ao atual estado da arte dos Certificados de Aforro, numa altura em que o Governo decidiu travar a fundo a remuneração de um dos produtos preferidos pelos portugueses nos últimos meses. Foi pressão da banca ou foi boa gestão de cofres públicos? E ainda de olho nos mercados financeiros, algumas páginas para dissecar os dividendos que as empresas se preparam para distribuir: vão ser tão históricos quanto os lucros garantidos pelas cotadas, no ano passado?

Neste mês em que o verão já se impôs, aproveitamos para lhe deixar um resumo e as melhores imagens da II Conferência Girl Talk, que teve lugar no centro de Lisboa, e que juntou economistas, gestoras e empresárias numa manhã de reflexão sobre economia, comunicação e liderança – e que culminou com a entrega do Prémio Girl Talk 2023 a Conceição Zagalo. A rubrica regressa às páginas da EXAME depois do verão.

E por último, mais um passeio até ao Douro para conhecer as novidades do único hotel Six Senses da Europa, que arriscou um investimento de €6 milhões em plena pandemia e que está no bom caminho para o recuperar, com taxas de ocupação e preços-médios a subir consistentemente.

Na nossa garrafeira olhamos em julho para França e para o Sul da Austrália, e para produções separadas por dois séculos de história mas muito mais próximas do que seria de esperar no que à qualidade e originalidade diz respeito.

Sem esquecer, naturalmente, a nossa análise automóvel (o X-Trail da Nissan aparece agora em versão elétrica) e a nossa estante, com as recomendações de alguns dos últimos livros editados sobre liderança, economia, calma e ambiente.

 

Pode também assinar a Exame e receber comodamente em casa todas as edições pelo correio, clique aqui.

Exame Edição 471


EXAME – Mais de 30 anos de história numa marca de informação económica incontornável em Portugal. Face à voragem do dia a dia, procuramos separar igualmente o acessório do essencial e trazer-lhe os grandes temas com a profundidade que os nossos leitores merecem. Toda a história, o que vive por baixo do soundbyte, e que no final ajuda decerto a antecipar o futuro e à tomada de decisão informada. As grandes tendências, os novos negócios, as PME – pequenas e médias empresas, a política económica e até o lazer de luxo, tudo trabalhado pelos nossos especialistas com um único objetivo: fazer chegar primeiramente a sua casa ou ao seu escritório informação económica de qualidade.

Mais do que uma ferramenta de trabalho, a revista EXAME é certamente um parceiro indispensável para quem valoriza a importância da análise e da reflexão.

Detalhes

Se já é assinante de uma das nossas publicações tem oferta de portes de envio, em Portugal. Clique aqui para assinar e poder usufruir das vantagens de ser assinante.

A edição pode ser entregue no estrangeiro, sendo os portes de envio refletidos no ato da compra.

A sua encomenda será entregue num prazo máximo de 15 dias úteis, após boa cobrança. Limitado ao stock existente.