Novo

Exame Edição 444

4,90

COMPRE JÁ A EXAME EDIÇÃO 444

As subidas recentes da bitcoin para níveis recorde – chegou a atingir os 61,5 mil dólares no mês de março – voltaram a despertar o interesse de potenciais investidores para estes ativos. E não só: os mais acérrimos defensores vêm nesta vaga de ganhos uma legitimação da sua aposta nas divisas digitais e o prenúncio de um mundo e em economias sem amarras aos bancos centrais. Mas quais as razões que trouxeram bitcoin e outras criptomoedas a estes patamares? O que podem significar essas valorizações em termos estruturais para o futuro? Que riscos e oportunidades existem para este dinheiro digital de adoção crescente mesmo entre os inicialmente mais céticos?

Foi à procura de respostas e de interpretações para estas e de outras questões sobre a evolução das criptomoedas que a EXAME esteve nas últimas semanas, resultando no extenso trabalho que dá capa à edição de abril, já nas bancas. E onde pode encontrar ainda os cuidados a ter antes de decidir arriscar no investimento nestes ativos, os casos de portugueses que aderiram a esta “febre”, as maiores fortunas construídas a nível global devido à aposta nestas divisas, além das marcas que a atividade de mineração deixa no ambiente e na energia e como podem ser contornadas.

Neste número da EXAME fomos ainda ver como a transformação do Taguspark prosseguiu mesmo em tempos de pandemia, que afastaram os trabalhadores de espaços de serviços, e como está a ganhar novos edifícios para empresas como a PHC.

Em entrevista, e depois das críticas às verbas disponíveis para as empresas no Plano de Recuperação e Resiliência, o ministro do Planeamento acena com quase 14 mil milhões de euros em fundos comunitários para a iniciativa privada e pede mais exigência nas taxas de execução para que o dinheiro seja todo utilizado. Nelson de Souza fala ainda dos apoios necessários no pós-pandemia, de grandes obras como o novo aeroporto e do seu papel no Governo.

Com as regras orçamentais de Bruxelas em pausa por causa da crise de saúde pública do novo coronavírus, questionamos se, quando e como regressará essa “camisa de forças” europeia às nossas vidas e o que poderá suceder a países como Portugal e à sua capacidade de lidar com a atual crise económica. Uma crise em que os empresários precisarão de condições de financiamento adequadas para sobreviver, mas onde a banca se mostra cautelosa, com juros mais altos para as empresas e em mínimos recorde para a compra de casa – fomos perceber porquê e que mecanismos podem ajudar as firmas a baixar o custo de se financiarem.

No mundo dos negócios, o diretor-geral da Eleven Sports fala da estratégia da empresa que transmite competições de futebol europeu e americano e desportos motorizados e da necessidade de combater a pirataria. Trazemos ainda o exemplo da Blanky, uma marca de cobertores pesados desenvolvida por dois portugueses que vendeu mil unidades em meio ano, e da consultora C-More, de Carolina Almeida, que quer ajudar as empresas a tornarem-se mais sustentáveis. Fomos ainda perceber com a imatch como foi organizar, à porta da terceira vaga da pandemia, o evento Building The Future em formato totalmente digital.

Na Girl Talk deste mês, que também trazemos nesta edição, falamos da necessidade de estimular o diálogo entre as empresas e a ciência, ainda mais evidente durante os esforços de combate à pandemia de Covid-19. Um espaço de debate e de análise em que convidámos Maria Manuel Mota, do iMM, e Patrícia Relvas, do universo Nestlé.

Estes e outros temas pode ler já na EXAME de abril, nas bancas, por assinatura física ou em versão digital.

 

 


EXAME – Mais de 30 anos de história numa marca de informação económica incontornável em Portugal. Face à voragem do dia a dia, procuramos separar igualmente o acessório do essencial e trazer-lhe os grandes temas com a profundidade que os nossos leitores merecem. Toda a história, o que vive por baixo do soundbyte, e que no final ajuda decerto a antecipar o futuro e à tomada de decisão informada. As grandes tendências, os novos negócios, as PME – pequenas e médias empresas, a política económica e até o lazer de luxo, tudo trabalhado pelos nossos especialistas com um único objetivo: fazer chegar primeiramente a sua casa ou ao seu escritório informação económica de qualidade.

Mais do que uma ferramenta de trabalho, a revista EXAME é certamente um parceiro indispensável para quem valoriza a importância da análise e da reflexão.

Categorias: ,
Detalhes

Se já é assinante de uma das nossas publicações tem oferta de portes de envio, em Portugal. Clique aqui para assinar e poder usufruir das vantagens de ser assinante.

A edição pode ser entregue no estrangeiro, sendo os portes de envio refletidos no ato da compra.

A sua encomenda será entregue num prazo máximo de 15 dias úteis, após boa cobrança. Limitado ao stock existente.