Um dia destes, perguntavam-nos pelo Instagram o que achamos cool. É uma pergunta difícil, porque neste conceito indefinido e banalizado nos últimos anos cabe lá tudo. Nada é cool e tudo é cool. Esta é uma daquelas qualidades que traduzem sobretudo um estado de espírito, uma atitude. A PRIMA tanto gosta da excentricidade máxima como da sobriedade básica. Adora a criatividade, o arrojo, as coisas que rompem com o statu quo, abomina pretensiosismos, imitações e tudo o que soe a falso ou a demasiado forçado.

 

Porque falamos disto? Porque a Mariama Barbosa, protagonista da capa, é, neste sentido, a rainha da coolness. Ela é terra a terra, genuína, carismática, poderosa. Transborda confiança, boa energia, sentido de humor – o mesmo com que se refere a si própria como a “preta da Guiné”. A verdadeira Black Magic Woman da canção do Santana. O estilo que todos lhe reconhecem do percurso que fez na moda e na televisão é apenas algo mais que complementa tudo isto. Um modo de ser e de estar que vai muito além da estética pura e dura.

Mariama e a sua maravilhosa tribo chegam às páginas da PRIMA um ano depois de nos estrearmos nas bancas. Conseguimos assumir-nos como uma marca de referência no que há de novo e cool por aí, seja lá o que isso for. E ficamos felizes por vermos alargar esta família a tantos novos leitores que se deixam inspirar por esta prima um bocadinho amalucada mas bem-intencionada.

 

Compre já A Nossa Prima Edição 5

Também pode assinar A Nossa PRIMA e receber comodamente em casa todas as edições pelo correio, clique aqui.

 


A Nossa PRIMA é uma nova revista, feita certamente a pensar num público mais jovem, urbano e alternativo. É uma revista trimestral sobre pessoas e tendências que tem uma forte componente de cultura e lifestyle. – A PRIMA é nossa, fora da caixa, mas também saída da casca. É um objeto de desejo, folheá-la é uma experiência inspiradora. Esta é uma nova revista para reforçar o gosto por revistas. – A Nossa PRIMA é inteligente. Feita a pensar em leitores cool que podiam ser nossos amigos, que gostam de ler e que gostam de bom design, que partilham do gosto por livros, música, séries, moda e tecnologia, que adoram sair e viajar. – A PRIMA é louca, mas também um pouco convencional. Detesta o mainstream arrumadinho e previsível, adora tribos urbanas alternativas e quem as lidera. Vai falar de quem aponta tendências e de quem agita as águas, de novos espaços e de novos talentos. – A Nossa PRIMA é linda. Com a assinatura dos Silvadesigners, é uma revista minimal, focada, elegante, magnética – um objeto para guardar. Se, por esta altura, acha que a PRIMA é sobretudo pouco modesta, é porque ainda não viu nada…